quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Demétrio Magnoli - "Leviatã"

Brilhante exposição. Assino embaixo:

"Nacionalismo e autoritarismo são feições inerentes ao capitalismo de estado. A elite política extrai sua legitimidade de um pacto imaginário com o destino grandioso da nação. A promessa de potência serve-lhe de ferramenta para calar ou eliminar a oposição, que é figurada como representação do interesse estrangeiro. A vida política impregna-se de um ácido corrosivo, que consiste na identificação da voz dissonante com a quinta-coluna. Como a liberdade não pode ser fracionada, o capitalismo de estado opera pela restrição tanto dos direitos econômicos quanto dos direitos políticos."

O texto, na íntegra: http://www.imil.org.br/artigos/leviata/

Nenhum comentário:

Postar um comentário