sábado, 22 de maio de 2010

Da Crítica aos Norte-Americanos...

Aos que consideram a ideologia dos Founding Fathers uma contradição com a história geopolítica dos EUA, a minha humilde resposta:

- Mesmo os Pais Fundadores, e outros líderes que os sucederam na linha do tempo (Linconl: "não esperamos que Deus esteja do nosso lado, esperamos estar do lado de Deus"), sempre levaram em consideração a falibilidade da condição humana.

- O ser humano é passível de equívocos, e os maiores crimes contra a humanidade foram cometidos acreditando-se estar fazendo um bem maior para... a humanidade! A utopia do III Reich compartilhava do paradigma positivista comtiano de desenvolvimento progressivo das ciências.

- Entretanto, o que diferencia um liberal de um socialista (ou social-democrata, ou anarco-capitalista, ou anarco-sindicalista, ou teocrático, o que for), é que o liberalismo é a única doutrina que acredita que não existe sistema perfeito - existe apenas um sistema menos pior, que permite ao homem conviver de forma menos danosa com a sua natureza essencialmente errante.

- Os norte-americanos cometeram muitos erros ao longo da sua História. Mas foram também os responsáveis pela criação dos mais belos movimentos de luta pelos direitos humanos (trabalhadores, feministas, negros, gays, etc). Tudo isso porque? Por causa da "pursuit of happiness": ser um arquiteto, só ou acompanhado, do universo ao seu redor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário