quinta-feira, 17 de março de 2011

[REFORMA POLÍTICA] Mensagem enviada aos Senadores em 17/03/11.

Caros Srs. Senadores,

sou a favor do sistema de eleição por lista fechada, com contagem nacionalmente unificada, uma vez que esse sistema permite retirar da política o personalismo demagogo, baratear o custo das campanhas, e fortalecer o viés ideológico dos partidos.

Como critério para elaboração das listas partidárias, respeitando-se as diversidades regionais e evitando os monopólios por caciques da velha guarda, no meu entendimento, valeria a seguinte regra:

- As 5 primeiras indicações seriam da Executiva Nacional do Partido, seguidas de 27 indicações dos respectivos Diretórios Regionais (na ordem do diretório com maior número de filiados em diante), seguidas de mais 10 indicações da Executiva Nacional, outras 27 dos Diretórios Regionais (mesmo critério anterior), e assim alternando até o número de 300 indicados (5x27;10x27;15x27;20x27;25x27;30x27;33).

E os Srs., o que acharam da proposta?

Saudações,

Victor Castro, advogado e servidor público federal.

Um comentário:

  1. Renê Luiz de Oliveira18 de março de 2011 17:58

    Profícuas suas colocações, meu Caro!
    Nossa tão sonhada "Reforma Política" que vem a passos curtos (mas vem), dependerá de críticas desinteressadas! Esse é o problema...; me parece que os interesses dos senhores feudais estão longe de "autorizar" a prosperidade de propostas dignas!
    O trabalho de formiguinha realizado pelo MPF, quando do abaixo assinado para a criação da Lei de Ficha Suja, demonstrou o quanto será complicada nossa jornada.
    O importante é seguir em frente independente das pedras, barreiras e demais obstáculos, aproveitando o momento de "revolta" pública, como observado nas últimas eleições.
    Abraço

    ResponderExcluir