quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Momento Nostradamus: no futuro, o ocaso do PT.

O PT achou que poderia comprar a burguesia (o centrão fisiológico) e neutralizar o seu instinto de sobrevivência. Se enganou. PMDB, PSB, PR, PTB, PP, PSD, PRB e afins vão se realinhar em torno de novas lideranças (Aécio? Campos?) que permitam a sobrevivência política das mesmas elites que, simultaneamente, corrompem as nossas instituições, mas também garantem a sobrevivência das nossas liberdades e nos blindam do socialismo marxista. Pode parecer irônico, mas O BRASIL HOJE É SALVO DO LIBERTICÍDIO PELO PMDB! Na ausência de um liberalismo influente, como na UE e nos EUA, a gente tem que se contentar com Renan e Sarney mesmo. O básico de liberdades cívicas não vai se extinguir enquanto houver o centrão fisiológico. É o tributo que o vício paga à virtude. E é sem dúvidas muito melhor do que um cenário em que esse centrão aceite morrer politicamente em troca de ganhos financeiros, como ocorreu na Venezuela e na Argentina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário