terça-feira, 21 de maio de 2019

Da arte de ser do contra da forma adequada...

"Igualdade ante o inimigo - o primeiro pressuposto de um duelo honesto [...] Primeiro: eu apenas ataco coisas que são vitoriosas - caso for necessário eu espero até que elas sejam vitoriosas. Segundo: eu apenas ataco coisas contra as quais jamais encontraria aliados, contra as quais tenho de me virar sozinho [...] Terceiro: eu jamais ataco pessoas - eu apenas me sirvo da pessoa como de uma poderosa lente de aumento, através da qual é possível tornar manifesta uma situação de necessidade comum [...] Quarto: eu apenas ataco coisas contra as quais [...] não existe qualquer segundo plano relativo a más intenções [...] atacar é uma prova de bem-querer em mim".

[Nietzsche, "Ecce Homo"].

Nenhum comentário:

Postar um comentário